[Prêmio] Veja os homenageados pelo Prêmio

Por Raissa Pascoal

O Coordenador do Prêmio, Rogério Christofoletti, fez a abertura do prêmio.
Neste ano, foram recebidos 36 trabalhos de 26 instituições em dez estados brasileiros, números recordes.

“Os homenageados destacaram-se pelo empenho, inteligência, tenacidade, lucidez e relevância. Eles são representativos do que tivemos de melhor na pesquisa em jornalismo em 2008”, disse Christofoletti.

Confira os homenageados pelo Prêmio no 7º Encontro Nacional de Pesquisadores em Jornalismo pelos melhores trabalhos nas categorias de Iniciação Científica, Mestrado, Doutorado e Sênior.

Iniciação Científica
Comissão julgadora
Márcia Franz Amaral (UFSM)
Iluska Coutinho (UFJF)
Walter Teixeira Lima Jr. (Cásper Líbero)
Homenageada: Gabriela Zago, da Universidade Católica de Pelotas
Trabalho: “Jornalismo em Microblogs: Um estudo das apropriações jornalísticas do Twitter”
Orientadora: Profa. Raquel da Cunha Recuero

Mestrado
Comissão julgadora
Victor Gentilli (UFES)
Kênia Maia (UFRN)
Márcia Benetti (UFRGS)
Homenageada: Marta Eymael Garcia Scherer, da Universidade Federal de Santa Catarina
Dissertação: “Bilac, sem poesia – crônicas de um jornalista da Belle Époque”
Orientador: Prof. Carlos Eduardo Capela

Doutorado
Comissão julgadora
Christa Berger (Unisinos)
Marcos Palácios (UFBA)
José Salvador Faro (Universidade Metodista e PUC-SP)
Homenageada: Carla Andrea Schwingel, Universidade Federal da Bahia
Tese: “Sistemas de produção de conteúdos no ciberjornalismo – A composição e a arquitetura da informação no desenvolvimento de produtos jornalísticos”
Orientador: Elias Machado Gonçalves

Sênior
Homenageado: José Marques de Melo, livre-docente na Universidade de São Paulo e professor titular da Universidade Metodista de São Paulo

Marques de Melo foi o primeiro doutor em Jornalismo no país. Autor de mais de 300 artigos científicos, livros e capítulos de livros, já formou mais de uma centena de pesquisadores acadêmicos nas áreas de Comunicação e Jornalismo. É presidente de honra da Intercom, sócio nº 1 da SBPJor e dirige a Federação Nacional das Associações Científicas e Acadêmicas de Comunicação (Socicom).

Anúncios

[Prêmio] Prêmio Adelmo Genro Filho de Pesquisa em Jornalismo

Por Raissa Pascoal

Criado em 2004 pela Associação Brasileira de Pesquisadores em Jornalismo, o Prêmio Adelmo Genro Filho reconhece a qualidade e relevância do trabalho acadêmico em jornalismo realizado por pesquisadores de universidades ou centros de pesquisa. Dentre os quesitos de avaliação, presentes no regulamento, estão a adequação do tema ao Jornalismo e originalidade.

Neste ano, o prêmio está na 4ª edição. Dividido em quatro categorias – iniciação científica, mestrado, doutorado e sênior – a finalidade é premiar pesquisadores que tenham contribuído para consolidar o Jornalismo como campo de conhecimento científico no Brasil.

[Biografia] Adelmo Genro Filho

Por Raissa Pascoal


Adelmo Genro Filho – jornalista, professor, teórico e militante – nasceu no Rio Grande do Sul, em 1951, e morreu em Santa Catarina,em 1988.

Ingressou na atividade política ainda adolescente, na qual atual como líder estudantil e membro de organizações clandestinas de resistência à ditadura militar.

Em 1975, formou-se pela Faculdade de Jornalismo da Universidade Federal de Santa Maria.

Tornou-se professor da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em 1976. Lá, cursou mestrado em Ciências Sociais, do qual resultou no livro “O segredo da pirâmide – Para uma teoria marxista do jornalismo”, importante referência sobre teoria do jornalismo na América Latina.

  • Agenda

    • agosto 2019
      S T Q Q S S D
      « nov    
       1234
      567891011
      12131415161718
      19202122232425
      262728293031  
  • Pesquisar